in

Descubra quanto tempo você sobreviveria no mundo de The Last of Us

Em cada canto desse mundo pós-apocalíptico existe uma chance de morrer, confiar em alguém ou dar um passo errado pode custar a sua vida. Sabendo dos riscos sobre cada ação, vamos ver quanto tempo você viveria de acordo com sua escolhas!

  • Pergunta de

    Enquanto saqueava um shopping, você escuta sons de clicadores se aproximando com muita velocidade em sua direção. Você ainda não acabou de coletar os mantimentos, o que faria?

    • Tentaria enfiar tudo na minha mochila o mais rápido possível, meu grupo está passando fome e preciso me arriscar…
    • Largaria tudo para trás o quanto antes, não quero virar um desses cogumelos com dentes!
    • Pararia o que estava fazendo e iria matá-los, então, após limpar o local eu acabaria de pilhar as prateleiras
    • Bloquearia a porta principal para poder ter tempo o suficiente de pegar tudo e dar no pé!
  • Pergunta de

    Você estava caçando um javali há horas e após o último tiro ele se escondeu em uma moita, mirando no mato você puxa o gatilho e um ganido começa a ecoar nas matas. Aparentemente você acertou um cachorro perdido e agora o barulho de seus gritos de agonia começam a chamar atenção indesejada de corredores, o que você faz?

    • Terminaria com o sofrimento do pobre coitado
    • O deixaria para trás para ser lanche daquelas coisas enquanto eu fugisse o mais rápido possível
    • Não pensaria duas vezes… eu iria pegá-lo no colo e o levaria para casa rapidamente. Não me importo com aquelas coisas me perseguindo
  • Pergunta de

    Após três dias saqueando o centro da cidade, você retorna para as ruínas que chama de casa, ao chegar percebe que o porão (onde você dorme) estava com as luzes acessas, fracas e piscantes e com certeza não as deixou ligadas ao sair. Qual a primeira coisa que você iria fazer?

    • Sacaria minha arma e mandaria quem estivesse ali se render
    • Chegaria no famoso “pré-fire”, ou seja, daria tiro para todos os lados esperando acertar os desgraçados!
    • Ficaria esperando alguém aparecer no pé da escada, se mostrasse seu rosto eu o mataria na hora
    • Montaria uma armadilha e aguardaria eles caírem para que pudesse pegá-los desprevenidos
  • Pergunta de

    Se pudesse escolher, onde você viveria?

    • Acampamento na mata
    • Ruínas de cidades
    • Túneis e esgotos
    • Casas reconstruídas pelo seu grupo
  • Pergunta de

    Você acorda com dor em todo o seu corpo enquanto é arrastado para se juntar ao seu grupo. Todos foram capturados e pendurados como porcos em um açougue, seu companheiros estão mortos, com as tripas espalhadas pelo chão e totalmente nus. Eles começam a rasgar suas vestimentas e logo te colocarão no gancho para expurgar os pecados da sua carne. Como você tentaria fugir?

    • Tentaria de toda forma acertar um golpe naqueles carecas sinistros, caso acertasse… tentaria roubar uma de suas armas
    • Na primeira oportunidade eu sairia correndo, não me importaria nem um pouco em estar seminu
    • Pra que lutar? Vou morrer mais cedo ou mais tarde mesmo…
    • Tentaria de todas as formas convencê-los a não me matar e deixarem que eu entrasse no culto maluco deles
  • Pergunta de

    A noite caiu mais rápido do que nunca após fugir de inúmeros soldados armados com rifles, você e sua namorada se separaram, mas aparentemente você a reencontra, só que nas costas de um homem. Ela não está se mexendo e ele continua a caminhar em direção de uma pira enorme que ilumina toda a floresta, você com certeza não irá deixá-la, então? O que faria?

    • Jogaria algo perto dele para distraí-lo, deixando uma brecha para acertá-lo
    • Por mais que fosse chamar muita atenção, eu dispararia na perna dele para poder salvá-la
    • Pularia nas costas dele, tentando incapacitá-lo até ficar desacordado
    • Tentaria convencê-lo que não valia apena fazer aquilo, por mais que isso fosse burrice minha
    • Ofereceria minhas coisas em troca da vida dela
  • Pergunta de

    Sua mãe adoeceu severamente nos últimos três dias, sair desesperadamente para buscar mantimentos médicos foi a primeira coisa que veio a sua mente. Você saiu pela manhã e se perdeu pela noite, mas encontra um grupo sitiado em um estacionamento público. Então… pedir ajuda? Localizações? Remédios? Agir com a coragem e emoção dominando o seu corpo? Qual sua decisão?

    • Não me meteria com eles, com certeza acabaria tomando uma surra ou até morreria. Prefiro procurar mantimentos em outro local, por mais que isso demore
    • Ei! Vocês poderiam me ajudar? Eu estou meio perdido e preciso de…
    • Mãos ao alto! Passem todos os suprimentos que vocês tem, caso contrário…
    • Eu me espreitaria em direção dessas pessoas e na primeira oportunidade iria pegar o que eu pudesse. Logo após isso, fugiria antes que percebessem que foram roubados por um desconhecido qualquer
  • Pergunta de

    Enquanto checava as armadilhas que tinha montado para esquilos na floresta, você escuta passos e percebe pequenas chamas começando a imergir sobre as folhas secas ao seu redor. Ao se virar, um homem de quase dois metros arranca um pedaço de seu braço com um machado, jatos de sangue e uma dor enorme misturada com adrenalina tomam conta de seu corpo. Ele vem lentamente na sua direção para te finalizar, qual será a última coisa que você irá fazer?

    • Vai… se… ferrar…
    • Tentaria revidar com minhas últimas energias, por mais que estivesse tendo uma hemorragia que me deixasse cada vez menos lúcido
    • Correria enquanto chorava de dor por ter perdido meu precioso braço
    • Aceitaria a morte como uma velha amiga…
  • Pergunta de

    Seu grupo foi enviado para pilhar o que sobrou das explosões ouvidas recentemente em Lincoln, Massachusetts. Quanto mais vocês entram na cidade, mais armadilhas mirabolantes envolvendo geladeiras e zumbis pendurados por cordas aparecem. Ao entrar no porão de uma antiga igreja, você encontra um idoso apontado uma escopeta para você, ele treme bastante e fica indeciso sobre puxar o gatilho, seu amigo está te chamando lá fora. O que você fará?

    • Ei! Rick! Olha esse velhote aqui!
    • Mentiria para seu amigo que não achou nada e tentaria ajudar o idoso
    • Tomaria a escopeta das mãos dele e o finalizaria
    • Calmamente levantaria as mãos dizendo que iria embora caso ele me deixasse viver
  • Pergunta de

    Você pertence à WLF e o ataque que tanto planejam será no final dessa tarde. Todos estão se preparando, armando e se alimentando, a sua incerteza sobre a invasão é enorme, mas jurou ser fiel a essa comunidade. Isaac acabou de passar por você e sussurrou no seu ouvido pedindo que vá em 10 minutos ao estande de tiro pegar seu equipamento. O que faria antes de partir?

    • Nada, iria simplesmente ao estande me preparar
    • Iria dar um tchauzinho para os meus amigos e parentes
    • Provavelmente iria encher a pança com a comida do refeitório. A Marcy sempre me dá um sanduíche a mais…
    • Traçaria estratégias de combates para ficar o mais preparado possível para um eminente tiroteio
    • Faria uma visita rápida no quarto ao lado… ( ͡° ͜ʖ ͡°)
  • Pergunta de

    Em meio a uma busca, seu líder nada amigável ordenou que fosse olhar no depósito isolado do resto das fábricas para ver se pudesse achar algum material de construção útil ou qualquer sucata. Para sua sorte, inúmeros infectados estavam te esperando e a única coisa que vem a sua mente é…

    • Direcionar a horda para o chefe do grupo, é agora que ele vai ter o que merece.
    • Fazer cada tiro valer a pena…
    • Correr e não olhar pra trás
    • Gritar pelos outros e pedir assistência para conter essa porrada de zumbis
  • Pergunta de

    Você é o enfermeiro chefe do hospital improvisado da sua comunidade. Um surto está ocorrendo e todos estão apresentado sinais de infecção mesmo sem terem sido mordidos. Como conteria essa epidemia?

    • Amputem os membros infectados que apresentarem sinais de infecção urgentemente!
    • Anestesiem os pacientes graves e façam uma incisão nos seus pescoços, temos que conter isso antes que piore
    • Moveria os pacientes para um local improvisado e distante do resto da comunidade, caso algo dê errado pelo menos será possível segurar as pontas antes de atingir os outros
    • Continuaria o tratamento indicado para o quadro clínico que as pessoas estão apresentando, não podemos fazer muita coisa nessa situação
    • Iria pedir que coletassem o máximo de equipamentos médicos nas cidades vizinhas, temos que nos esforçar ao máximo para salvar essas vidas!
  • Pergunta de

    Você e seu grupo de amigos iniciaram uma discussão aberta sobre qual o próximo passo a ser tomado para melhorar sua base improvisada. Richard acabou de pedir para dar uma sugestão, então?

    • Reforçar as barricadas para evitar surpresas desagradáveis durante a noite
    • Sucatear as sobras de prédios caídos, coletando materiais de construção e montando algumas torres de vigia ao redor do nosso perímetro
    • Começar a fazer patrulhas de reconhecimento na região para identificar possíveis ameaças, como outros grupos ou infectados andando em bando
    • Precisamos de mais gente! O que vocês acham de nos separarmos em diferentes direções para encontrar novos sobreviventes? Quanto maior for o nosso número, maior será a nossa força!
    • Procurar por comida deve ser nossa prioridade caso vocês queiram ter forças para esmagar aquelas coisas lá fora
  • Pergunta de

    Seu pai, um mecânico muito conhecido na comunidade, lhe dá algumas engrenagens e te leva para uma bancada de modificações feita para você como presente de aniversário. Na mesa, um velho rifle lhe aguarda enquanto aprende como alterá-lo para ter vantagens. Peças espalhadas pela oficina te possibilitam escolher uma modificação. Como seria a sua melhoria?

    • Uma baioneta no cano da arma para os piores momentos
    • Um cartucho estendido para não ter que perder tempo recarregando em meio ao tiroteio
    • Uma luneta bem colocada para ficar o mais longe possível da linha de tiro
    • Uma coronha que sirva para reduzir o “coice de mula” que aquele rifle daria ao disparar
    • Faria um cinto de couro preso ao corpo da arma para poder guardar as balas mais próximas do cartucho, reduzindo o tempo de recarga
  • Pergunta de

    Te flagraram surrupiando munição do arsenal pela sétima vez na noite passada, o conselho que lidera o grupo nega a sua execução, mas decidem que exilar você é a melhor escolha. Dentre aqueles que pertencem à facção, qual você iria convencer a ir embora contigo?

    • Minha família é claro!
    • Minha namorada/namorado, não consigo viver sem ela/ele!
    • Meus poucos amigos que são leais à mim independente da situação
    • Vamos Requeijão! Se despeça do dálmata da vizinha ao lado, pelo jeito teremos que nos virar daqui para frente…
    • Eu quero é que se ferre! Vou partir daqui e não irei levar ninguém comigo
  • Pergunta de

    A sua caminhada está durando meses e até agora nenhum sinal de vida, apenas corpos, esqueletos, clicadores, corredores e ruínas. O pensamento de que nunca mais irá achar alguém não sai de sua cabeça, e você sem perceber, está com o dedo no gatilho e a própria pistola apontada para si mesmo. Quase desistindo de tudo, que pensamento vem a sua cabeça?

    • Pensaria nos momentos felizes que tive com aqueles que amava
    • Desistiria de tudo de uma vez… *click*
    • Colocaria a pistola no coldre e voltaria a caminhar, com sorte amanhã será um dia melhor
    • Desistiria de tal ato e começaria a traçar um novo plano, talvez um desses carros possa funcionar…
  • Pergunta de

    Após desertar da antiga milícia a qual pertencia, você caminha por duas semanas extremamente exaustivas e acaba encontrando uma fazenda aparentemente vazia, porém ao se aproximar, uma adolescente aparece. Seu rosto não demonstra nenhum sentimento, ela está bem magra e não tem 2 dedos da mão esquerda, mas saca seu arco e aponta para você. Como reagiria?

    • … calma ok? Por favor, não atire… estou fugindo há semanas, só quero achar um lugar para ficar
    • Sacaria minha pistola e atiraria nela sem hesitar
    • Mentiria dizendo que tenho um grupo acampado por perto que iria atrás dela caso me matasse
    • Iria implorar para que ela não me matasse
    • Faria o que ela mandasse sem questionar, não quero acabar com uma flechada no peito
  • Pergunta de

    Entre tantas comunidades se erguendo nesse mundo cheio de infectados, você se juntaria ou faria algo diferente?

    • Seria um lobo solitário, não confio nas pessoas
    • Quem me oferecesse alimento e abrigo, eu entraria com toda certeza!
    • Organizaria pequenos grupos para roubar, saquear e desestruturar essas comunidades
    • Seria um informante entre grupos e faria de tudo para conseguir o que eu quisesse
  • Pergunta de

    Você estava migrando para outra cidade com a sua família quando de repente ouve um barulho estranho e depois disso chamas consomem a sua visão até desmaiar. Você acorda aos poucos e percebe que está sendo arrastado para fora do carro por um estranho, seu corpo parcialmente queimado ainda tem energias, mas a desconfiança sobre esse sujeito é grande. O que faria?

    • Ei… quem diabos é você?
    • Pegaria meu canivete e acertaria o sujeito com o resto das minhas forças
    • Daria um golpe nele e sairia correndo em direção do carro para ver se minha família estava lá
    • Apenas o deixaria me levar… minha família já deve estar morta mesmo…
  • Pergunta de

    Você iria aos limites de seu corpo e mente apenas por vingança? Mesmo sabendo que isso iria machucar as pessoas ao seu redor e até mesmo podendo causar a morte delas?

    • Sim, não importa o preço…
    • Não, existem certos limites que eu não ultrapasso…