in

Sonic: Diretor de The Last of Us Part II acredita que filmes baseados em jogos tem que ser fiéis a obra original


Mesmo que Neil Druckmann, diretor e escritor de The Last of Us e da Part II, tenha dito que não quer mais que o filme baseado nos principais personagens do game aconteça, a possibilidade de que esse universo pós-apocalíptico (sem Joel e Ellie), um dia seja adaptado para as telonas, não é impossível.

Através do twitter, o também vice-presidente da Naughty Dog, compartilhou sua experiência sobre o filme Sonic, em exibição nos cinemas. Ele elogiou e perguntou se ser fiel a quase tudo da obra original é o segredo do sucesso.

O filme do Sonic foi divertido e surpreendentemente fiel a muitos aspectos dos jogos. Fico feliz em vê-lo indo bem. Teoria louca… E se o segredo para adaptar um videogame for contar uma história que respeite seu material de origem?

Sonic movie was fun and surprisingly faithful to many aspects of the games. Glad to see it doing well. Crazy theory… What if the secret to adapting a video game is to tell a story that is respectful of its source material? 🤔

— Neil Druckmann (@Neil_Druckmann) February 16, 2020


Anunciado em 2014, a adaptação cinematográfica de The Last of Us seria dirigida por Sam Raimi através da sua produtora Ghost House Pictures, distribuído pela Screen Gems e escrito por Druckmann, que até revelou ter começado a fazer o roteiro, mas desistiu. Na época, Maisie Williams, foi cogitada para o papel de Ellie.

No mês passado, imagens e informações de um curta de animação – cancelado, que resumiria os eventos do primeiro jogo, foram divulgadas pelo estúdio Oddfellows.