in

PS5? Fique tranquilo, The Last of Us Part II ainda será lançado para PS4


Ainda que não tenhamos uma nova data de lançamento de The Last of Us Part II para PS4nem em versão digital, muito menos física, é natural que com o adiamento do jogo por tempo indeterminado e a proximidade do lançamento do PS5 – prometido para o final do ano, parte dos jogadores desconfiem que o game possa ser lançado apenas para a nova geração de consoles da Sony, o que é improvável.

A certeza que podemos ter é que, assim como aconteceu com o primeiro jogo, ele deve sim receber uma versão aprimorada, pois provavelmente isso já tenha sido planejado a partir de seu desenvolvimento. Veja os símbolos dos botões pretos em tela do HUD do original na maneira tradicional, substituídos por brancos, já vistos nos gameplays da segunda parte, com base na estética do controle Dual Sense em versão branca do PS5, como foco na revelação de ontem.  Não levando em consideração a versão tradicional na cor preta também proposta.

Na maioria dos exclusivos, os símbolos dos botões em tela sempre foram estilizados na cor preta.

O receio por parte de alguns, vem desde a revelação da primeira demo de jogabilidade da segunda parte, em que foi gerada a dúvida se tudo o que foi mostrado seria possível com o atual hardware, e agora, o adiamento contribui para esse rumor.

Posteriormente em outra ocasião, a designer da Naughty Dog, Emilia Schatz, disse que a “plataforma de desenvolvimento” e alvo da Parte 2 é o modelo padrão, quando questionada sobre as vantagens óbvias em termos de resolução do PS4 Pro.

Nossa plataforma alvo é o PS4, a base. Na verdade, é isso que tenho em minha mesa de trabalho, e é por isso que buscamos.

Então, sim, você quer ter esse equilíbrio, mas sabe, ainda há muita otimização a ser feita agora. O que você viu aqui não é exatamente a nossa taxa de quadros final e a resolução final da tela, coisas assim.

Por isso, mesmo que estejamos enfrentando uma pandemia que também pode custar um adiamento mais longo do que o esperado para o lançamento do novo jogo, a Sony em hipótese alguma sacrificará uma base instalada tão grande e popular de jogadores como a do PS4. Seria como deixar de vender para 100,  para vender apenas para meia dúzia.