in

Naughty Dog considerou opção de remover violência contra cães em The Last of Us 2, mas não seria fiel à história


A violência em The Last of Us Part II para PS4 é tão importante como qualquer outro elemento do jogo para tornar a experiência crível. A segunda parte é ainda mais cruel que o primeiro game lançado em 2013, quando se fala em tiro, porrada e bomba. As mortes causadas por armas brancas utilizadas pelos personagens tem um realismo impressionante. Embora o game seja recomendado para maiores de 18 anos, esfaquear, mutilar, explodir ou atirar em partes vitais dos personagens pode ser chocante para muitos jogadores.

A inclusão de cachorros no jogo veio para mostrar que nem só os humanos podem ser vítimas desse mundo virtual hostil criado pela Naugthy Dog. De acordo com GameRevolution, em conversa com o Gameinformer, Neil Druckmann disse que um membro da desenvolvedora sugeriu que eles adicionassem uma opção para desativar a violência contra os cachorros, mas que relutou pois não seria honesto com a história que queriam contar.

No primeiro jogo há a opção de desativar o sangue e a Parte 2 é muito elogiado por seus recursos de personalização e acessibilidade que permitem que os jogadores decidam como eles querem jogar. E como a violência contra cães geralmente é perturbadora para muitas pessoas, alguém propôs que eles deixassem os jogadores desativá-la junto com o sangue em geral na longa lista de opções de acessibilidade. Druckmann disse que não poderia fazer isso pois iria contra os temas do jogo.

“Pode ter passado o nível de conforto, mas não é como se eles não pudessem lidar com isso”, disse ele. “E, finalmente, o jogo não pode evitar a violência que esses personagens estão cometendo. Nós meio que temos que nos apoiar nisso, porque é disso que se trata a história. Poderíamos facilmente adicionar um recurso gore onde você o desliga e não há sangue quando você mata pessoas – sem desmembramento – mas em algum momento, você começa a perder o que é essa coisa e começa a se afastar muito da sensação de que estamos buscando , o que é, às vezes, desconfortável.”

Essa não foi a única coisa cortada envolvendo cães no game, ele também falou que um cachorro buscaria itens para ajudar Ellie, mas essa mecânica não funcionou bem e eles acabaram deixando-o com a NPC Mel.