in

Diretor de God of War fala sobre o impacto de The Last of Us na indústria de games


Quando as primeiras informações do novo God of War começaram a surgir, muitos fãs ficaram preocupados com as mudanças e o rumo que a franquia tomaria. A evolução de Kratos para uma figura paterna, sua relação com Atreus e mais foco nas emoções dos personagens, logo foi comparada com a de Joel e Ellie em The Last of Us.

Posteriormente, Cory Barlog, diretor do game da Santa Monica Studio, disse que mesmo que o filho do Fantasma de Esparta não estive lá, ele seria o mesmo guerreiro lutando contra aqueles inimigos e que a comparação com o game da Naughty Dog não era um insulto e sim um elogio.

De acordo com o DFTG, em entrevista para Danny O’Dwyerum do canal Noclip no youtube, o diretor fez um balanço do sucesso de seu jogo e falou da importância da narrativa nos videogames, enfatizando que The Last of Us foi o que mais mudou a indústria, que embora ele não seja o precursor dos games centrados em narrativa, ele fez tudo dar certo, fazendo o jogador se importar e ter empatia com os personagens, se sentindo como se estivesse participando de algo, conhecendo dois personagens através de uma jornada árdua.

Barlog ainda tinha algumas dúvidas se God of war conseguiria fazer o mesmo, mas a popularidade esmagadora do título provou que ele e sua equipe elaboraram uma narrativa que valeu a pena. O game foi eleito o melhor de 2018 no The Game Awards.

via DFTG