in

Com The Last of Us Part II, Naughty Dog mostra que mínimos detalhes fazem diferença


No penúltimo episódio da série de quatro vídeos sobre The Last of Us Part II, a Naughty Dog reforçou a importância do olhar clínico sobre os mínimos detalhes do jogo. A desenvolvedora iniciou falando sobre a pesquisa de campo e laboratório, onde acredita ser importante não só o estudo como a experiência para abordar com domínio o assunto que querem introduzir em uma história.

Um fator extremamente significativo está nos detalhes visuais, onde por mais estéticos que sejam, contribuem para a imersão. Druckmann comenta que uns dos avanços que fizeram garante fazer veias aparecerem na testa baseado em emoção ou no que acontecem com os personagens fisicamente. Controle do vermelho dos olhos e lágrimas também foram possíveis. O estúdio também investiu em pesquisa de folhagens e visitou Seattle, uma das cidades inspiradas do game, várias vezes.

Em todos os vídeos revelados, esses detalhes se mostraram presentes no PS4, incluindo no gameplay.