in

Cães e Shamblers, nova classe de infectados, serão algumas das ameaças em The Last of Us Part II


Quando descobrimos que em The Last of Us Part II a Naughty Dog exploraria a introdução de animais no game, logo imaginamos que Ellie teria a companhia de um cão como um fiel amigo, algo cogitado na primeira parte mas que acabou não dando certo devido a limitações técnicas. Para nossa surpresa, os cachorros que estarão no game serão uma das ameaças a personagem, mas não só eles como uma nova classe de infectados.

De acordo com Tim Turi,  Senior Social Media Specialist da SIEA, os cães de guarda serão animais treinados que vão pertencer aos inimigos e eles poderão sentir seu cheiro enquanto você rasteja pela vegetação tentando não ser detectado. Uma forma de evitá-los será poder usar o modo escuta para facilitar a suas localizações.

Tim ressalta também que, eliminar seus donos não será algo muito inteligente, já que ao fazer isso, eles ficarão sozinhos, sendo assim, será difícil avistá-los na grama sem uma pessoa ao lado deles. Eis que também você enfrentará um dilema moral, onde poderá escolher entre matar ou avançar no jogo e fugir do animal.


Falando na nova classe de infectados, “os trôpegos (Shambler) são amontoados de pústulas ambulantes horrendos que lançam ácido gasoso quando se aproximam e aguentam grandes quantidades de dano”, que ao serem mortos causam uma explosão ácida, são “mais rápidos do que parecem e têm um visual pavoroso”. Tenha muito cuidado, alerta.


Hoje a desenvolvedora deu sinal verde para que a imprensa libere suas primeiras impressões e vídeos de gameplay da Parte 2. Fique ligado em nosso site enquanto trabalhamos para publicar todos os detalhes do media event que aconteceu no dia 24/09.