in

A história por trás do ‘Rei dos ratos’, um dos infectados chefes de The Last of Us Part II


Um dos novos infectados The Last of Us Part II, se é que podemos chamar de novo, é uma aterrorizante junção de alguns deles, resultando no Rat King, ou melhor, o Rei dos Ratos.

Se anteriormente contávamos com Runners, Clickers , Stalkers e Bloaters, a mutação em questão, embora em única aparição no epicentro da pandemia localizado no hospital do jogo, é bizarra também na vida real. Essa simples imagem dos bastidores da captura de movimentos mostrando como ele foi feito, parece engraçada apenas para quem não teve a experiência de enfrentá-lo.

A história por trás de um dos infectados chefes de The Last of Us Part II https://t.co/RBxxKvGlm1
Conseguiu te deixar com medo?#TheLastofUsPartII pic.twitter.com/jJ36iNJYdm

— #️⃣ The Last of Us Part II INSIDE (@TheLastOfUsBR) July 14, 2020

O que você não deve saber é que existe uma história por trás dele, um fenômeno real.


Enquanto o rei dos ratos consiste em várias pessoas infectadas no jogo, o termo no mundo real refere-se a um certo número de ratos que ficam presos uns aos outros pela cauda, coladas por sangue, sujeira, excrementos ou simplesmente enlaçadas, unidas. Além dos ratos, dizem que o fenômeno raro foi ocasionalmente observado em outras espécies, como esquilos.

Supõe-se que os roedores unidos que crescem dessa forma sofrem uma calcificação nos ossos da cauda que acaba os fundindo para sempre. O número de ratos do fenômeno varia, sendo 32 o maior número de ratos fundidos já encontrado.


Historicamente, esse suposto fenômeno está particularmente associado à Alemanha, onde um maior número de casos foi relatado. Existem vários espécimes preservados em museus, mas muito poucos casos de reis-ratos foram observados nos tempos modernos. No folclore europeu, os reis dos ratos estão associados a várias superstições e eram frequentemente vistos como um mau presságio, particularmente associado a pragas quando a população de ratos era maior.

A existência natural é questionada. Os cientistas ainda não provaram uma causa natural além da dúvida. No caso de ratos darem nó ou ficarem juntos, eles poderiam tentar se libertar roendo suas caudas, se necessário.

Também existem achados fora da Alemanha (por exemplo, França e Dinamarca), mas além de algumas exceções, o Rei Rato, como tal, não é discutido em nenhum outro lugar.

Embora se diga que a primeira menção remonta a 1610, as descobertas reais foram provavelmente tornadas mais raras pelas mudanças nas condições de vida (incluindo a higiene). Além disso, os espécimes vivos foram mortos principalmente por medo. O rei dos ratos provavelmente mais conhecido é exibido no museu de história natural Mauritianum na cidade de Altenburgo, Turíngia, Alemanha. Diz-se que este espécime, mumificado de 32 ratos, foi encontrado em Buchheim em 1828.


O fenômeno também é abordado repetidamente na arte, literatura e outras mídias, como videogames.

Os reis dos ratos aparece em romances como It, de Stephen King e na série de quadrinhos de Alan Moore e Ian Gibson, The Ballad of Halo Jones. No décimo primeiro episódio da sexta temporada de Teen Wolf, Liam Dunbar e Mason Hewitt encontram um rei rato. A série Grimm contou com um monstruoso bípede Rato Rei, formado por múltiplos em sua massa corporal. Na animação Hora da Aventura, um vilão chamado Rei dos Ratos no episódio “Little Brother” é descrito como um rato inteligente que controla um grupo de ratos para agir como um corpo maior. Em Hilda da Netflix, aparece um grande rei dos ratos com olhos vermelhos brilhantes feitos de um número desconhecido de ratos.


Mesmo que as amostras exibidas pareçam confirmar a existência, existem inúmeras opiniões e fontes ambíguas sobre o verdadeiro rei dos ratos. Mas isso não muda o fato, a começar pelo nome, no que a Naughty Dog se baseou para criar o rat king do game.

Em The Last of Us Part II não são ratos, e sim infectados pelo fungo Cordyceps, mas o simbolismo por trás da ideia é evidente.

Mocap – Rat king#TheLastofUsPartIIpic.twitter.com/ofcpLx4wAq

— #️⃣ The Last of Us Part II INSIDE (@TheLastOfUsBR) July 15, 2020

Fique de olho em nosso site para mais novidades sobre The Last of Us. Siga-nos no twitter, instagram, facebook e faça sua inscrição em nosso canal no youtube.